A carta de despedida de John Lennon para seu chofer

Quando John Lennon mudou-se com a família para Kenwood – mansão com 27 quartos comprada por ele em 1964 –, os trabalhos caseiros começaram a ficar muito pesados. Com Julian sempre precisando de atenção e John viajando exaustivamente com os Beatles, Cynthia Lennon precisava de ajuda para manter a mansão em ordem, além de tarefas como atender a porta, o telefone e receber as milhares de correspondências enviadas pelos fãs. A primeira contratada fora Dot Jarlett, uma mulher que havia trabalhado para os antigos proprietários da residência. 

a

Certo dia, quando Brian Epstein visitava os Lennon, ele viu o chofer da casa vizinha lavando um antigo Rolls-Royce na entrada da residência. O sujeito, eficiente e com o físico de guarda-costas, era Les Anthony, um ex-soldado do corpo de guarda galês. Impressionado, Brian interrompeu-o e perguntou se ele não estaria interessado em abandonar o seu atual patrão e se tornar um dos empregados de John Lennon. No auge dos seus 32 anos, era uma ótima oportunidade profissional para Les, além de vantagens que teria, como dirigir a coleção de carros de John, e tratou de aceitar a oferta. Com o salário de 36 libras por semana, Les Anthony estava sempre às ordens, uniformizado e pronto para o trabalho.

b

Durante a segunda metade dos anos 1960, Les Anthony esteve presente em momentos marcantes na vida de John Lennon. Porém, em 1971, John já passava a maior parte do seu tempo longe da Inglaterra, de modo que não fazia sentido manter um motorista em Londres. Inevitavelmente, John escreveu-lhe dispensando-o e agradecendo todos os anos de trabalho. Na carta, John diz que Les poderia entrar em contato com May Pang no escritório caso precise de alguma ajuda. “Nunca entrei em contato, pois não gostava de gente como Allen Klein. Não recebi nada”, lembra Anthony. Hoje Les Anthony é aposentado e vive em Hampshire.

c

Caro Les e família,

Como você sabe atualmente estamos passando metade da vida no exterior, e é loucura manter uma equipe numerosa, pois precisamos de gente aqui – certo? Você foi um bom rapaz ao longo dos anos e fiel – o que eu lhe agradeço. Sei que você conversou com Peter Howard e Dan sobre ir embora – e espero que o acerto seja bom para você,

Vejo você um dia

Tudo de melhor de John e Yoko

P.S.: Se você quiser dizer qualquer coisa a nós, ligue para May na ABKCO, se precisar de indicação – diga-nos o que você necessita OK?

P.P.S.: Diga adeus à sua sra. e às crianças.

d

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s